Quando o Facebook sai do ar, como fica sua campanha?

Marketing 11 October, 2017 Jefferson Alex

Há um tempo eu venho discutindo e divulgando sobre campanhas integradas em marketing digital. Uma das coisas que eu sempre pergunto é: Se a plataforma “X” sair do ar, como fica sua campanha, já que está apostando tudo lá?

Essa pergunta não tem uma resposta fácil para aqueles que estão fazendo “marketing digital de palco (ou Youtube)”, achando que campanhas na internet é só fazer postagem no Facebook e Instagram, pagando para impulsionar – quase sempre sem meta nem segmentação adequada.

Hoje (vide a data da postagem) o Facebook sofreu uma queda e saiu do ar. Isso já aconteceu antes e sempre tem a possibilidade de acontecer novamente, pois é uma plataforma eletrônica e como tal é passível de erros, ataques, bugs e ações judiciais (essa ultima já tirou o WhatsApp do ar algumas vezes durante o ano). O que afetou muita campanha por ai não é o fato do Facebook ter saído do ar (não foi geral, mas atingiu muita gente), mas também o Instagram saiu do ar e aqueles que apostaram todo seu conhecimento em marketing digital fazendo belas campanhas apenas no Facebook e Instagram, agora ficaram sem saída.

Eu realizei uma palestra no RSS 2017 (Recife Summer School – Porto Digital) onde o tema era “Marketing Digital, muito além do Facebook e Instagram”. Nessa palestra eu expliquei a grande diversidade de plataformas, formatos de integração e estratégias que são deliberadas por agências sem conhecimento de causa. Recebi feedbacks bastante positivos, pois na mesma semana houveram outras palestras com o tema “Marketing Digital” e os respectivos instrutores passaram apenas aquela receita de bolo para apresentações: mostrar números de acessos virtuais, dizer que é preciso conhecer o cliente, mostrar números sobre vendas na internet, depois mostrar a diferença entre página e perfil.

Desde 2016 eu passei por alguns escritórios (agências e treinamentos in loco) realizando treinamento sobre essas questões. Mas hoje eu vejo que nada mudou, pois recebo mensagens do atendimento/planejamento de algumas empresas desesperadas porque o Facebook saiu do ar.

Enfim, o marketing digital deve funcionar independente de uma plataforma e o planejamento deve prever esse tipo de situação. Já gerenciei campanha onde utilizei 5 mídias diferentes, além do site (que também contava com um plano B, caso o servidor saísse do ar).

Marketing Digital é Marketing… não é uma plataforma, é uma série de estratégias planejadas e integradas.

Compartilhe: http://bit.ly/2kHRiu3
Jefferson Alex

Analista de Marketing com especialização em projetos digitais. Designer em formação, analista de sistemas e sempre em busca de aprendizado contínuo.