Aumento das vendas em loja virtual para o natal

Marketing 05 November, 2013 Jefferson Alex

O Natal compreende uma época do ano em que o comércio arrecada a grande parte de seu faturamento anual, possuindo um bom aproveitamento do setor varejista e aumentando significativamente a movimentação na cadeia de distribuição. Muitas empresas estão descobrindo uma maneira de aproveitar ainda mais esse período para aumentar suas vendas, atraindo a atenção do público e garantindo um retorno desse comprador no começo do ano. Fique atendo para essas oportunidades. As lojas virtuais estão cada vez mais comuns e possuem uma grande aceitação do público em geral, crescendo com o acesso à internet e com a melhoria dos canais de distribuição.
Tecnologias como sites, redes sociais e sistemas de cotação fazem com que pequenas e médias empresas possam entrar nessa disputa pelo cliente na internet. Isso é um alerta para o comerciante local que ainda acredita na praça onde se encontra e ignora (ou não quer investir) a internet como canal de vendas. Como começar
Todos os dias empresas de pequeno, médio e grande porte se reinventam, com estratégias diferentes e com objetivos para alcançar seus públicos. Uma coisa que as empresas de qualquer porte tem em comum atualmente é a necessidade de estar na internet, aproveitando os benefícios e a interatividade que a web promove.
As empresas precisam começar com a criação de uma identidade na internet, um site é um bom começo, mesmo que seja institucional, seguindo por uma presença nas redes sociais.
Procure um profissional, independente do tamanho do seu negócio, pois os clientes perceberão se você não estiver levando isso a sério. Seu público, independente do nicho atendido, quando usuário de internet, possui acesso a uma imensidão de outras empresas que possuem presença na internet e com certeza a sua empresa será comparada com essas outras.
A pergunta que deve ficar aqui é: Você quer ser comparado como melhor ou pior que as outras?
Para quem não possui uma verba ou ainda está cético com as informações de possíveis bons resultados, é interessante começar a conhecer como isso tudo funciona. Claro que para um empresário isso é difícil, pois temos outras atribuições e a prioridade é gerenciar a empresa para que continue sendo sustentável. Mesmo assim é imprescindível que o gestor conheça dos processos de marketing digital e divulgação da empresa na internet pois auxilia muito na contratação do prestador de serviços. Posicionamento
Existe um contexto no marketing digital e vendas pela internet que é necessário conhecer, onde o relacionamento com o cliente começa pela aproximação orgânica de sua marca com o cotidiano do seu público. Esse contexto é o de Posicionamento.
Sua marca precisa estar bem posicionada nas buscas feitas por seus clientes na internet, isso é uma forma de sair na frente dos concorrentes. Com algumas ações e estratégias de SEO você pode posicionar sua marca em boas colocações no Google e outros buscadores.
As estatísticas que são divulgadas toda semana sobre vendas na internet e uso da rede sempre demonstram uma alta taxa de conversão para aqueles que se mantém entre os primeiros nos resultados.
O posicionamento da marca vai muito além do SEO e de sites, porém vamos nos ater aos detalhes que influenciam o momento da compra e a decisão. Nesse ponto é importante lembrar que a internet é um vasto mundo de informação e que milhares de sites surgem por dia, fazendo com que o seu fique cada vez mais mergulhado entre uma imensidão de códigos.
Para fazer o diferencial é necessário criar seu site de forma que esteja sempre atualizado, com informações sobre a empresa e sobre seu contexto. É uma boa prática manter um blog da empresa, assim como mencionei em outro artigo, mantendo agrupadas as informações que o seu público-alvo procuraria na internet, só que agora ele encontra essa informação dentro do site de sua empresa. Aqui está o “pulo do gato” em criação de conteúdo para internet, pois não é apenas criar textos informativos sobre o produto, mas sim criar e publicar textos e histórias sobre o contexto de seus clientes e trazer informações complementares para dentro de seu site.
Um bom exemplo disso é a Red Bull que concentra em seu site principal informações sobre esportes, aventuras e festas. Isso faz com que o público da marca veja o produto como algo essencial para se usar quando estiver em uma das situações sugeridas pelo site.

Compartilhe: http://bit.ly/2hgf1uI
Jefferson Alex

Analista de Marketing com especialização em projetos digitais. Designer em formação, analista de sistemas e sempre em busca de aprendizado contínuo.